Viajar com filhos fortalece o vínculo e alivia o emocional impactado

Viagens em família podem ser uma oportunidade para mudar de ambiente, respirar novos ares e fortalecer a relação, principalmente considerando o cenário de pandemia que gerou um esgotamento emocional em adultos e crianças, com sintomas de estresse, ansiedade e tristeza. E para escolher o destino mais apropriado, com as devidas medidas de biossegurança que o momento exige, vale pensar no propósito real de viajar com os filhos

 Viajar com filhos: especialista reforça a importância

Para a psicóloga e educadora parental, Fernanda Teles, o melhor lugar é aquele em que você vivencia experiências com os filhos sem muitas interferências externas. “É natural que a maioria dos pais busquem resorts ou hotéis com uma boa infraestrutura, com espaço kids, parquinho e recreação para terem seus momentos de descanso. No entanto, a tendência é que a criança passe boa parte do seu dia com recreadores e perca os momentos mais intimistas, de sentar à mesa em família durante as refeições”, pondera a especialista em parentalidade positiva.

Fernanda Teles salienta que esse tipo de local não é uma escolha errada, mas é válido considerar algo mais intimista que pode trazer ganhos inestimáveis para todo o núcleo. “Existem diversas opções extremamente acolhedoras e agradáveis, como pousadas e hoteis boutique, que embora não ofereçam uma programação intensa e a estrutura de um resort, favorecem os momentos de pura conexão em família, de olho no olho, passeio de mãos dadas, de leveza, sem hora para acordar e dormir”, ilustra a psicóloga.

Seja nas montanhas ou na praia, hospedar-se em pousadas, hoteis menores ou alugar uma casa, permite uma experiência em família com fortalecimento do vínculo e pouca distração externa. “É a oportunidade de um contato íntimo, no qual o diálogo flui melhor, pais e filhos se reinventam, criam brincadeiras e atividades juntos”, reforça Fernanda Teles. 

Se ainda restam dúvidas sobre o que fazer nesses ambientes com os pequenos ou adolescentes, a educadora parental lembra que o mais importante é viver o momento sem estabelecer muitos roteiros. “Apreciem as paisagens naturais do lugar, façam uma trilha, uma caminhada, um passeio, aproveitem a cachoeira ou a praia – dependendo do destino –, mas curtam o presente, o dia a dia, nutram o relacionamento. Quando a família vai mais relaxada para lugares intimistas, a conexão acontece naturalmente, e as atividades irão proporcionar a troca e encher o copo de afetos das crianças e dos pais”, destaca.    

Sugestões de hotéis mais intimistas que já fui e super recomendo para viajar com filhos:

  1. Pousada Camurim Grande em Maragogi:

https://www.camurimgrande.com.br/

  1. Nannai em Porto de Galinhas:

https://www.nannai.com.br/

  1. Pontal dos Carneiros em Praia dos Carneiros

https://www.pontaldoscarneiros.com.br/

  1. Wetiga em Bonito:

https://wetigahotel.com.br/

  1. Solar da Ponte em Tiradentes:

https://www.roteirosdecharme.com.br/hotel/solar-da-ponte/

  1. Recanto da Serra em Gramado

https://www.recantodaserra.com.br/

  1. Serra Azul em Gramado

https://www.serrazul.com.br/

Gostou de saber que viajar com filhos pode aproximar vocês e aumentar o vínculo emocional?

Sabia que tenho um livro? O Conectando Pais e Filhos 2 trabalha de forma direta e motivadora orientações para os pais na missão de educador e criar os filhos em um ambiente com relações saudáveis! Compre aqui!

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin