CUIDADO COM OS ELOGIOS! APRENDA A ENCORAJAR SEUS FILHOS

 

O ENCORAJAMENTO E O MAU COMPORTAMENTO

O encorajamento parental é uma das habilidades mais importantes que os adultos podem aprender para ajudar seus filhos.

Nós estamos muito acostumados a operar no piloto automático:

MAU COMPORTAMENTO  ➡  CASTIGOS, PUNIÇÕES, GRITOS

E desde quando fazer uma criança se sentir mal pelo seu comportamento vai encorajá-la a agir bem e melhor? Já pensou nisso? Ela pode até parar aquele determinado comportamento por medo, vergonha, culpa e dor, mas nunca porque se sentiu encorajada.

MAU COMPORTAMENTO  ➡   PRECISA SER REDIRECIONADO PARA UM COMPORTAMENTO COLABORATIVO POR MEIO DO ENCORAJAMENTO

Quando pais conseguem encorajar seus filhos, eles dão a oportunidade dos filhos “consertarem” e “redirecionarem” suas atitudes de forma muito positiva e com grande chance de um aprendizado muito mais afetivo.

O encorajamento parental é uma forma de ensinar aos filhos habilidades de vida e responsabilidades sociais que elas precisam para ter sucesso na vida e nas relações que vão estabelecer para sempre.

 

VAMOS VER ALGUNS EXEMPLOS PARA FICAR BEM CLARO?

 

– Guarde os seus brinquedos agora ou então vai para a cadeira do pensamento.

+ Você consegue guardar seus brinquedos sozinho ou precisa de ajuda?

 

 

– Você apronta todos os dias! Não aguento mais, sem TV o resto da semana.

+ Precisamos conversar sério sobre essas atitudes. Podemos chegar a um acordo, não quero de novo usar o castigo para puní-lo, tenho certeza que conseguiremos resolver isso juntos.

 

O ENCORAJAMENTO E O BOM COMPORTAMENTO

O encorajamento parental é também uma forma de nutrir a autoestima dos filhos. Novamente, veja como estamos acostumados a interagir com nossos filhos de forma super automática e vivemos num ciclo dual de punições, elogios, punições, elogios…

BOM COMPORTAMENTO  ➡    ELOGIOS

Elogios quando usados de forma excessiva e sem o encorajamento torna os filhos extremamente dependentes da opinião de seus pais. Sabe aquele adulto super inseguro e dependente do que os outros vão pensar dele, que tem muita dificuldade em expressar sua opinião, de falar o que pensa, de usar uma roupa que gosta muito e ser criticado e precisa constantemente da aprovação do outro? Provavelmente foi uma criança que viveu essa dualidade em casa: ou foi muito criticada e castigada ou foi muito elogiada. O mesmo acontece com adultos extremante arrogantes que se acham o centro do universo.

BOM COMPORTAMENTO    ➡      PRECISA SER REFORÇADO E NUTRIDO POR MEIO DO ENCORAJAMENTO

ENCORAJAMENTO X ELOGIOS

Para entendermos melhor essa diferença, é preciso entender que o elogio rouba o foco na autoria da ação, exemplo:

EU ESTOU ORGULHOSA DE VOCÊ

– A criança vai agir para ver sua mãe orgulhosa, alimenta a dependência no outro

– O elogio acima se refere ao sentimento do adulto, foca em quem está elogiando e não em quem está agindo

– Expressa um julgamento, um sentimento de quem está elogiando.

OU SEJA:

Um elogio vazio e nada encorajador, vou resumir aqui as diferenças:

 

ENCORAJAMENTO ELOGIOS
Nutri a autoestima e a autoconfiança Alimenta a dependência na opinião do outro
Endereçado a tarefa Endereçado ao agente
Foca em quem está agindo Fala de quem está elogiando
Inspira e estimula a ação Expressa um julgamento  favorável, uma aprovação

 

 

E AÍ, FEZ SENTIDO PARA VOCÊ? VAMOS VER ALGUNS EXEMPLOS BEM PRÁTICOS?

 

– Que coisa feia, bater no colega!

+ Como você se sente fazendo isso? E seu colega?

Como você pode resolver isso de forma diferente?

 

– Você tirou nota 10! Estou tão feliz por você!

+ Você estudou muito, você merece. Parabéns!

 

– Estou tão orgulhosa de você.

+ Você deve estar orgulhoso de si, hein?

 

– Eu gostei do que você fez, assim a mamãe fica muito feliz.

+ Você encontrou uma solução sozinho.

 

Mamães Heroínas, agora é  a hora de praticar o que ensinei.  E se você quiser assistir a essa Aula na íntegra para aprofundar este conhecimento, clique no botão abaixo:

CLIQUE AQUI E ASSISTA

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin